O balanço da nossa entrada na Europa

>

Conforme o que escrevi há uns meses atrás, o pedido de resgate feito ontem pelo Governo à União Europeia não me espantou. Já há muitos anos que muita gente suspeitava que tanta fartura mais cedo ou mais tarde ia dar em desastre como agora se veio a confirmar. Decerto que o Governo do Partido Socialista tem muita responsabilidade mas não foi o único. A mentalidade portuguesa do “para inglês ver” juntamente com o crédito fácil e a inépcia dos portugueses em viverem dentro das suas possibilidades contribuiram de forma eficaz para que o País se encontre na situação crítica em que está.

  • Dívida pública: 90.000.000.000 € (duplicou com os governos de José Sócrates);
  • Juros a 5 anos superiores a 10%;
  • Banca corta ajudas ao Estado esquecendo que foi este que lhe deitou a mão quando estava a afundar;
  • Portugal atingiu o nível “lixo” nas agências de rating internacional.
Mais uma vez os tempos que aí vêm são de muita dificuldade e sacrifício e estou convicto que brevemente iremos ver muitas vivendas com piscina com o letreiro “Vende-se”.


E hoje, mais que nunca, estas canções estão na actualidade:



Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s